sábado, 20 de julho de 2013

A pessoa que pratica a meditação de forma justa pode ser reconhecida ao longe, ela é mais calma, mais ponderada. Torna-se mais “centrada”, não se deixando mais possuir por sentimentos que a colocam “fora de si”, como ira, irritação, cólera. Seus pensamentos são mais claros e por desenvolver uma melhor compreensão das coisas, ela se torna mais ativa, mais precisa nos afazeres da vida cotidiana. Cada vez menos deixa-se perturbar e influenciar pelos acontecimentos e situações externas, porque consegue desenvolver em seu intimo um lugar de calma e paz. Como consequência, sua postura pessoal e suas ações no mundo tornam-se cada vez mais corretas e justas.

Nenhum comentário: